terça-feira, 29 de julho de 2014

P A R I S






Tens uma magia, que não dá para explicar

mas ao te ver, na tela do meu pensamento,

tenho vontade de voltar e ficar...

não sei por quanto tempo,

mas quero respirar teu ar,e olhar os rostos que vejo ao caminhar,

e apreciar tua paisagem, teus jardins floridos,

sentar num banco e sentir o perfume

que paira no ar.

Quero olhar os rostos que passam por mim

sombrios, enigmáticos, 

sorridentes ou apaixonados,

como eu por ti...

Um dia hei de ir e lá ficar

e te amar, assim, como agora,

nesse espaço vazio, saudoso,

onde cabe apenas o desejo de voltar.

Um comentário:

  1. Um bonito poema com um terno toque de sudade.
    Um abrdaço, |Elys.

    ResponderExcluir